terça-feira, 19 de junho de 2018

Como houve luz no primeiro dia se o sol, a lua e as estrelas só foram criados no 4º dia?

Moisés, considerado autor do pentateuco, começa o livro do Gênesis relatando que “no princípio criou Deus os céus  e a terra”.
Primeiramente Ele criou os céus (no plural), não o Céu Trono de Deus. Trata-se do primeiro céu, que para nós são as nuvens, e o segundo céu dos astros.
Nesta ocasião Deus separa dia e noite. Ele apenas nomeia à noite como sendo algo escuro e o dia como sendo algo claro. Ele apenas os adjetiva.
A pergunta surge: “de onde vinha essa luz do ‘haja’ se o sol, a lua e as estrelas ainda não haviam sido criados?”. “Que dia e noite são esses?”
A primeira consideração que faço é que esta luz emanava do próprio Deus assim como o apóstolo João escatologicamente  destacou no Apocalipse:

“A cidade não necessita nem do sol, nem da lua, para que nela resplandeçam, porém a glória de Deus a tem alumiado, e o Cordeiro é a sua lâmpada.” (21.23) 

“E ali não haverá mais noite, e não necessitarão de luz de lâmpada nem de luz do sol, porque o Senhor Deus os alumiará; e reinarão pelos séculos dos séculos.” (22.5)   

Segundo a Bíblia de Estudo Pentecostal (CPAD), a palavra hebraica para "luz" é yon e refere-se as ondas iniciais de energia luminosa atuando sobre a terra. A partir de então Deus dos céus olha para Terra e começa dar as ordens, o seu "haja" e as coisas foram acontecendo segundo o seu querer.
“Haja luz” deu origem ao primeiro dia, dia este que vejo como ago “medido” no tempo do próprio Deus, tanto que se observarmos no versículo 5 a palavra Dia começa com D maiúsculo, como também à Noite, com N maiúsculo.
Trata-se da presença de Deus no universo, chamado de abismo (grande vazio escuro), e Ele trazendo a luz com a sua presença. Vendo a luz (claridade) e vendo as trevas (escuridão) Ele agora se preocupa com o nosso tempo, pois pela sua presciência intentava criar o homem. Para isso o Todo Poderoso precisa criar luminares para que nós, os homens, nos situássemos na questão do tempo cronológico. Deus precisaria preparar a terra para o homem viver, se organizar e desenvolver.
Isso fica evidente a partir do vs 14, onde Jeová estabelece a função desses luminares (hb.ma òr) - criar sinais e determinar dias e anos. Ou seja, os homens se organizariam na agricultura, na pesca, na contagem do tempo, e em algumas culturas até no nascimento de.
No versículo 16 o Criador vaticina que as suas funções: um de governar o dia (d minúsculo), em hebraico yon (יום), correspondendo a um período de 24 horas e outro de governar a noite (n minúsculo), em hebraico layil (לילה), mostrando, através das iniciais minúsculas, o tempo do próprio homem (cronos) contado a partir do sol e da lua - 24h.
A presença de Deus com a sua luz do haja inicial iluminou o universo: "os céus manifestam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos". (Salmo 19.1)
A luz que ilumina o universo, a saber, o segundo céu, outrora dominado pelas trevas, é a luz que provêm do próprio Deus. É Ele quem  a dissipa (João 1.5) e sustenta a terra e todo o universo (Isaías 42.5).
No universo a contagem do tempo é outra - anos luz. Abaixo do firmamento pelo sol e pela lua a contagem é de 24 horas próprio para o homem (Gênesis 1.14b).
Deus vos abençoe ricamente!
Paz!

Cabo Frio/RJ
19/06/2018


4 comentários:

Samuel Aguiar disse...

Bastante interessante a abordagem que foi feita. Que Deus continue abençoando o seu ministério grandemente.

Unknown disse...

Paz do Senhor, pastor
Muito interessante o tema abordado
Que Deus continue te dando inspirações dos altos céus, para que possamos aprender mais sobre o nosso Deus e sobre as santas escrituras.
Um abraço

Unknown disse...

Paz do Senhor, pastor
Muito interessante o tema abordado
Que Deus continue te dando inspirações dos altos céus, para que possamos aprender mais sobre o nosso Deus e sobre as santas escrituras.
Um abraço

Unknown disse...

Esclarecedor Pastor

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...