quinta-feira, 4 de abril de 2013

Que avivamento a igreja vive hoje?




“Ouvi, Senhor, a tua palavra, e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos; faze que ela seja conhecida no meio dos anos; na ira lembra-te da misericórdia“. (Habacuque 3.2)

        Esse foi o pedido que o profeta Habacuque fez ao Senhor Jeová, que avivasse a sua obra e que esse avivamento fosse perpetrado nas gerações futuras.
O profeta menor Joel ficou conhecido como o profeta do derramamento do Espírito Santo, pois em seu livro predisse tal acontecimento (Jl 2.28) que se cumpriu e foi o texto base da pregação de Pedro em Jerusalém no dia de Pentecostes (At 2.14-47).
 Atualmente temos ouvido muito falar sobre o termo Avivamento, Avivar, Avivado. São congressos, seminários, simpósios, concílios, encontros, cultos e inúmeras reuniões de avivamento, contudo seu significado bíblico tem sido deixado de lado.
O que se entende por avivamento nos tempos hodiernos está intrinsecamente relacionado a movimento. Só é avivado aquele que demonstra ser e tal demonstração é visível a partir dos movimentos que o indivíduo faz. Caso uma igreja seja mais centrada na Palavra (como as não pentecostais) essa igreja é vista pelos avivados como fria, vazia, seca e sem unção.
Mas o que realmente significa Avivamento?
Segundo o minidicionário Aurélio, avivamento significa “tornar-se mais vivo”.
Seguindo a lógica da palavra avivamento pode ser entendido como “trazer a vida ou dar vida” logicamente ao que está morto.
Partindo dessa exposição pode-se entender que avivamento é “trazer a vida” logicamente aquilo que está morto.
Biblicamente falando os avivamentos que se sucederam ao longo da história foram precedidos pela pregação da Palavra que gerou uma transformação no coração do povo, como pode ser observado a seguir:

Esdras 8: “E Esdras, o sacerdote, trouxe a lei perante a congregação... e Esdras abriu o livro à vista de todo o povo e abrindo-o ele todo o povo se pôs em pé. Então Esdras bendisse ao Senhor, o grande Deus; e todo povo, levantando as mãos, respondeu: Amém! amém! E, inclinando-se, adoraram ao Senhor, com os rostos em terra”.
                       
Tal avivamento trouxe quebrantamento, adoração, onde o povo voltou as suas origens, mostrando que avivamento significa Quebrantamento de coração e é o que Deus procura. (Sl 51.17)

II Reis 22: Então disse o sumo sacerdote Hilquias ao escrivão Safã: Achei o livro da lei na casa do Senhor. E Hilquias entregou o livro a Safã, e ele o leu. Safã, o escrivão, falou ainda ao rei, dizendo: O sacerdote Hilquias me entregou um livro. E Safã o leu diante do rei. E sucedeu que, tendo o rei ouvido as palavras do livro da lei, rasgou as suas vestes.  Então o rei deu ordem a Hilquias, o sacerdote, a Aicão, filho de Safã, a Acbor, filho de Micaías, a Safã, o escrivão, e Asaías, servo do rei, dizendo: Ide, consultai ao Senhor por mim, e pelo povo, e por todo o Judá, acerca das palavras deste livro que se achou; porque grande é o furor do  Senhor, que se acendeu contra nós, porquanto nossos pais não deram ouvidos às palavras deste livro, para fazerem conforme tudo quanto acerca de nós está escrito.

        Quando o rei Josias, narrado acima, trouxe a lei para o povo, uma reforma foi iniciada, mostrando que avivamento também pode ser entendido como Mudança de Conduta/ Caráter”.

Atos 2: “Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel... De sorte que foram batizados os que receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas; e perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações”.

         A pregação de Pedro no dia de Pentecostes, após o Derramamento do Espírito Santo, trouxe vidas para Cristo, nos dando a compreensão de que “Avivamento” também pode ser entendido como Conversão de Almas trazendo a vida aqueles que estão mortos para o pecado.
       Outro fator que fica evidente nesse episódio é o versículo 42 onde afirma que os que receberam a Cristo perseveravam na doutrina, comunhão, partir do pão e orações. Tal acontecimento fez surgir uma geração firme nos mandamentos do Senhor. Avivamento também é Perseverança na Palavra”, pois tal atitude tem como promessa de Deus a salvação dos fiéis (Mt 10.22, 24.13; Mc 13.3).
Analisando seu significado bíblico e comparando com as manifestações de “avivamento” atuais, percebemos que há um grande desencontro com o que prediz a Palavra de Deus. É visível um grande número de pessoas atraídas por essas reuniões que são marcadas por corinhos repetidos e muito movimento, e o curioso é que tais movimentos só permanecem ativos enquanto os corinhos de fogo estão sendo cantados. Parando o corinho, para o movimento.
Em levítico 6.13 diz que “O fogo arderá continuamente sobre o altar; não se apagará”.
Com certeza esse fogo não provém de Deus. Deve ser mais um fogo estranho acesso por Nanabes e Abiús de nossa era (Lev 10.1,2).
Não consigo entender como isso é entendido como avivamento.
Caros leitores firmem-se numa verdade “Avivamento não é Movimento.” e “Movimento não gera Avivamento”.
Avivamento gera:

    1 – Quebrantamento de Coração                   2 – Mudança de Conduta/ Caráter
    3 – Conversão de Almas para Cristo             4 – Perseverança na Palavra
É isso que temos visto nessas reuniões?
Claro que não!
Caso fosse a igreja permaneceria imune a todas as investidas do inimigo.
O que se tem visto é um grande movimento externo, mas sem tocar a alma. As pessoas são levadas pela emoção do momento e quando voltam para seus lares não receberam nada. Estão há anos no mesmo dilema, suas vidas se encontram complicadas e embaraçadas com as coisas dessa vida e o caráter não foi transformado.
São reuniões com tanto corinho e pouca (ou quase nenhuma) Palavra. As profecias dispensam comentários, pois em sua grande maioria são infundadas, sem pé e sem cabeça. Algumas são genéricas, pois se encaixam na vida de qualquer um.
Cuidado! Isso é muito sério!
A igreja precisa está alerta para que não seja enganada (ITm 4.1)
Cristo está só esperando a ordem do pai para buscar a sua igreja, e ele visa encontrar uma igreja boa, zelosa e de boas obras (Tt 2.14), cujo compromisso é a salvação, não só individual, mas buscando os perdidos para que façam parte dessa noiva.
Oremos incessantemente para que não sejamos levados pelos ventos de doutrinas (Ef 4.14) que tem soprado por todos os lados, mas que sejamos alicerçados pela palavra.
É tempo de deixarmos de olhar para os movimentos das águas, que há 38 anos estamos a ver e virarmos nossa face para o lado, pois ali está Jesus em pé dizendo que só ele pode realizar esse milagre.
O nosso alvo é e sempre será Cristo (Fp 3.14).
Ore como o profeta Habacuque e clame a Deus para reavivar essa geração e trazer a vida para aqueles que estão mortos e enganados pelo pecado, cujos ouvidos não conseguem mais ouvir a Palavra de Deus (II Tm 4.3).
É necessário clamarmos, para que os que se encontram como o vale de ossos secos, ao ouvir a voz profética, possa reviver e se tornar um exército poderoso em extremo.
Seja essa voz profética para essa geração. Peça a Deus que avive a sua obra não só hoje, mas no meio dos anos e que a mesma seja sempre conhecida e jamais esquecida.
Que Deus abençoe ricamente a sua vida e que, a partir dessa mensagem, você possa experimentar um verdadeiro avivamento.
Saúde e Paz!
Pr. Daniel Aguiar
C. Frio/ RJ,02 outubro de 2008

8 comentários:

Pb. César Castro disse...

Paz Pr. Daniel! Lí seu artigo e gostei muito. Ví também dois comentários tecidos no face, mas com certeza os mesmos não leram o texto. Gostei da foto - Uma estratégia para atrair a atenção do público, pois realmente o avivamento para muitos é só reteté e não "mudança de vida" como o senhor expôs no artigo. Vou aguardar mais. Paz!

Maria Clara Paivao disse...

Não que faltam inventar mais. a coisa está cada vez mais complicda. amem.

Erinaldo disse...

VENHO POR MEIO DESTE PEQUENO COMENTÁRIO SER GRATO A DEUS PELA VIDA DO PR. DANIEL AGUIAR, POIS FIZ A LEITURA COMPLETA DO ARTIGO SALIENTADO PELO MESMO.
PORTANTO É NOTÓRIO O CERNE DO ARTIGO E DE GRANDE VALIA PARA AQUELES QUE DESEJAM VIVER UMA EXPERIÊNCIA VERDADEIRA COM O ESPÍRITO SANTO, HAJA VISTO QUE TANTO PARA LEIGOS QUANTO PARA IDÔNIOS HÁ UMA DIFERENÇA GRANDIOSA DE “MOVIMENTO” E “AVIVAMENTO”.
EX: O APÓSTOLO PAULO ERA O PERSEGUIDOR DAQUELES QUE ANUNCIAVAM O EVANGELHO.
ENTRETANTO AO RECEBER A IMPOSIÇÃO DAS MÃOS DO DISCÍPULO ANANIAS SUA VISÃO FOI RESTAURADA E FOI CHEIO DO ESPÍRITO SANTO, DE MODO QUE O PERSEGUIDOR AGORA SE TORNARIA PERSEGUIDO, ENFIM, O ESPÍRITO SANTO GERA TRANSFORMAÇÃO...
AQUELES QUE SE DIZEM VIVER O AVIVAMENTO E NÃO TEM MUDANÇA DE VIDA, AFIRMO CATEGÓRICAMENTE QUE ISTO NÃO PASSA DE MOVIMENTO!

Marco Cardoso disse...

Eu t conheço Danil e sei que DEUS é contigo aonde quer q vc prege quem nao conhece ou nunca teve uma esperiencia com Deus nao tem capacidade d entender esses mistérios .ai prefere criticar eu quero ver ter disposiçao d ficar no seu lugar ou pargar o preço.continue sempre assim transbordando da presença d Deus

Filipe Pessôa disse...

Bom, msm sem ter sido convidado ao assunto, queria deixar minha visão de uma forma bem resumida ao assunto... Infelismente as pessoas confundem avivamento ou até mesmo generaliza que, um cristão para estar perto de Deus,tendo intimidade,e seguindo-o de maneira plena, tem que de forma "pentecostalmente falando" mostrar a manifestação do espirito,falando em linguas,entregando profecias e tal., só que pelo que eu aprendi, a fé vem pelo ouvir a palavra de Deus...nao fazendo pouco caso da profecia e do falar em linguas, de forma alguma msm porque sou pentecostal, porém avivamento trata-se de uma certa forma de amor a obra,conversão de almas,paz de espirito, união com meu irmão,vida com Deus,libertação

Micarla Gomes disse...

Deus Maravilhoso a verdade sempre vem,o que esse pastor escreve tudo verdade,pois partipei de um ciclo de oração aqual aconteceu tudo isso a qual ele descreveu,eu com pouco desernimento não entendia,mais com o tempo Deus mostrou me a verdade, faço as suas palavras as minhas nem menos é nem mais.pois e verdadeiro.Esclarecimentos que ajuda as pessoas sobre a verdade.Deus não desampara aquele que busca a Deus verdadeiramente.

Anônimo disse...

Parabenizo ao Pastor por estes esclarecimentos tão real e verdadeiro.Deus abençoe!

reginaldo Felício de aquino disse...

muito bom comentário e que Deus continue te abençoando mais e mais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...